Se uma linguagem é classificada como front-end, isso significa que ela lida com a interface com o usuário. Em outras palavras, quando você acessa um site ou uma aplicação web ou mobile, o que você vê na interface foi feito com a utilização de tecnologias front-end. Desenvolvimento Web: entre a programação e criatividade A HyperText Markup Language — ou simplesmente HTML — é a linguagem mais essencial de todas e é utilizada para montar a estrutura dos elementos vistos na tela. Entre as suas aplicações estão a definição de menus, criação de botões, textos, entradas de dados e afins.

O perfil de cada profissional

front-end e back-end diferença

Esse tipo de problema é resolvido pelo back-end e o aconselhável é que faça isso o mais rápido possível, pois um problema assim compromete a experiência do usuário e todo o objetivo da empresa. Mas, se pedir para inserir uma funcionalidade ou mesmo criar um atalho que facilite a inserção de funções no seu site, precisará de um especialista em back-end — sobre o qual falaremos a seguir. Basicamente, o front-end refere-se ao que você vê quando acessa um site e o back-end se relaciona ao que fica por trás das cortinas, isto é, a programação que compõe todos os elementos do site. Resumindo, o desenvolvimento de backend é geralmente visto como mais técnico, com o trabalho de frontend sendo mais visual. Isso porque o NoSQL utiliza bancos de dados gráficos, emparelhamentos e logs de documentos ao invés do armazenamento básico de tabelas a partir de SQL.

Seu site WordPress está lento?

Estas são as linguagens que a pessoa comum pensa quando qualquer tipo de desenvolvimento web é mencionado. E, mesmo com toda essa familiaridade, as diferenças das plataformas ainda separam as pessoas que trabalham com sites e com aplicativos em duas linhas diferentes. Pessoas que cuidam do produto e do UX Design também conseguem melhorar em suas funções ao incorporar conceitos e conhecimentos de front-end. O UX pode ser aperfeiçoado na prática com a otimização das interfaces a partir de novos recursos e tecnologias do front. Já profissionais de Marketing, ao dominar conceitos, linguagens e frameworks, podem também ajudar na criação de páginas específicas e na configuração de um site. Um conceito de extrema relevância para o Marketing Digital, o de SEO, depende muito do conhecimento de linguagens front-end e back-end, como HTML, Python (4ª mais usada segundo o Stack Overflow) e PHP.

Perfil profissional

Nos últimos anos a área do profissional front-end se expandiu dramaticamente graças à uma demanda do mercado por sites cada vez mais interativos e inteligentes, integrando chats, feedback em tempo real, games, etc. E isso aumentou bastante a complexidade da área para além dessas 3 linguagens básicas. A linguagem HTML é a mais básica e fundamental de todas e serve para estruturar tudo o que você vê na tela.

O conteúdo em cache inclui páginas estáticas, resultados de consultas ao banco de dados, respostas da API, dados da sessão, imagens e vídeos. O desenvolvimento de front-end aborda o lado voltado para o usuário de um site. Essas tecnologias incluem linguagens de computador como JavaScript, CSS e HTML. O desenvolvimento de software de front-end também usa estruturas de front-end para acelerar a eficiência da produção. O termo front-end se refere à interface gráfica do usuário (GUI) com a qual as pessoas interagem, como menus de navegação, elementos de design, botões, imagens e gráficos.

  • Como é responsabilidade de um cientista a apresentação de dados de uma forma que seja útil para a compreensão, saber front-end ajuda na organização visual de informações.
  • O backend é voltado para o servidor, muitas vezes nunca visto pelos usuários.
  • Além disso, Java é uma linguagem segura, devido ao seu modelo de segurança integrado e ao seu gerenciamento de memória automático.
  • Amanda Machado é jornalista e faz parte da equipe do Tecnoblog desde 2021, atualmente como analista de mídias sociais.
  • Embora também não tenham experiência com design, algumas empresas os contratam para atuar como desenvolvedor web, ou seja, para criar sites ou blog.

O conhecimento necessário

  • JavaScript é uma linguagem de programação bastante popular e amplamente utilizada na web.
  • Pretende seguir a carreira na programação e está indeciso sobre qual tipo de desenvolvedor quer ser?
  • O CSS é separado do HTML, o que permite que a aparência de uma página seja facilmente modificada sem alterar o conteúdo da página.
  • Com as informações deste conteúdo, você já sabe o que é Front-End e Back-End, podendo decidir qual delas mais se encaixa em seus objetivos profissionais.
  • Embora não haja uma resposta exata para isso, é possível basear sua decisão em alguns tópicos.
  • E, mesmo com toda essa familiaridade, as diferenças das plataformas ainda separam as pessoas que trabalham com sites e com aplicativos em duas linhas diferentes.

O back-end usa linguagens de programação como Java, Python, Ruby, APIs e sistemas de gerenciamento de banco de dados. Apesar das diferenças, é importante destacar que o DevOps front-end e back-end https://www.horabrasil.com.br/2024/05/14/desenvolvimento-web-entre-a-programacao-e-criatividade/ trabalham em conjunto para garantir o bom funcionamento de uma aplicação. A integração entre as duas áreas é fundamental para que o sistema seja entregue de forma eficiente e com alta qualidade.

  • É comum também que variadas  áreas de uma empresa desenvolvam essa conexão com o desenvolvimento web.
  • É um profissional mais completo e que normalmente tem mais experiência no desenvolvimento de sistemas web.
  • Entretanto, todos os computadores têm limites, por isso pode ser difícil expandir os limites estabelecidos pelo seu maquinário atual.
  • De qualquer forma, profissionais (principalmente as pessoas que respondem pelo front-end) devem dominar o aspecto da responsividade, visto que o uso de celulares é uma tendência cada vez mais comum.

front-end e back-end diferença